Nério Júnior






>> Vida Cristã +

>> Atualidades +

>> Posts Recentes +

15 de dez de 2014

Uso do Celular Durante as Refeições

Esse pai encontrou uma forma inusitada de mostrar aos filhos como é inadequado o uso do celular À mesa.





Leia Mais...

24 de nov de 2014

Mergulhe no oceano da graça de Deus

Diz-se que, antes de um rio cair no oceano ele treme de medo.
Olha para trás, para toda a jornada, os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre. Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar. Ninguém pode voltar. Voltar é impossível na existência. Você pode apenas ir em frente. O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece. Porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano.
No reino espiritual também é assim. A salvação é como entrar no oceano. Quando mergulhamos nela, nos tornamos mais que oceanos. Sabe por quê? Porque passamos, não somente a ser grandes, mas também a ser eternos e ter comunhão com o Pai, por isso podemos chegar com confiança e sem reservas ao trono da graça. Há abundante graça de Deus para sua vida, desfrute-a!

Fonte: Portal MDA




 
Leia Mais...

19 de nov de 2014

7 chaves para a cura depois de um divórcio

Eu estava caminhando através de meus vinte e poucos anos, quando eu enfrentei a realidade do divórcio. Meus vinte anos deveriam ser significativos; marcado por propósito e direção, construindo uma carreira, alcançando metas, não gasto vivendo um divórcio.

Mas foi durante esse tempo que eu descobri e experimentei o amor de Deus de uma forma que eu não esperava. De alguma forma, apesar das minhas circunstâncias caóticas, recebi a paz para as profundezas do meu coração e alma.

Para muitos cristãos, o divórcio é um conceito em sombrio e controverso. Apesar de sua prevalência, o divórcio é uma área de quebrantamento que nem sempre é bem recebido pela Igreja. As Escrituras parecem claras, as declarações encontradas ao longo do Antigo e do Novo Testamento parecem desqualificar muitos daqueles que são divorciados, e avisar aqueles que podem procurá-la como uma solução.

E é verdade que o divórcio é feio. O casamento é projeto de Deus, refletindo seu coração para com seu povo. Jesus é o noivo final, a expressão do amor de Deus por nós. O divórcio é combatido fortemente porque é essencialmente o oposto da vontade de Deus para o casamento.

Muitos cristãos experimentam o divórcio por diversas razões e podem encontrar dificuldade em conciliar sua fé com algo tão desafiador quanto o próprio divórcio. Ser quebrantado com nossas próprias escolhas ou por culpa que não cabe a nós, temos um Salvador que se deleita em nós e quer nos ver vivendo a vida em abundância. Romanos 8: 31-39 declara que nada pode nos separar do Seu amor. Amados precisamos estender o amor de Deus para com aqueles que estão enfrentando o divórcio ao invés de expor a negatividade e aplicar julgamento.

Poucos anos depois, tenho andado num lugar de restauração e plenitude por ter conciliado a minha realidade com a minha fé. Aqui estão algumas chaves importantes para aqueles que estão experimentando o divórcio e desejando chegar a um lugar de cura:


Procurem Honra e Respeito

Cuide-se, e se você precisa ter um tempo longe de suas atividades normais, ou simplesmente desacelerar, faça-o.

Não importa o que aconteceu entre você e seu ex-cônjuge, procurem honrar e respeitar a outra parte. Isso fala muito sobre a profundidade de sua personalidade quando você honra, apesar das circunstâncias que indicam o contrário. Se você tem filhos, honrar o outro pai é fundamental na proteção dos sentimentos de seus filhos, e você deve sempre valorizar o coração de seu filho acima de seu desejo de se afirmar.


Manter Perspectiva

O divórcio é um processo doloroso, e quando estiver tendo um problema no relacionamento, as respostas emocionais são frequentemente agravadas. Você provavelmente vai passar por todos os tipos de emoções conflitantes e nem sempre sabe como lidar. Mantenha a perspectiva, buscando diariamente o coração de Deus para sua vida, depositando a carga no lugar certo. Jesus acena "Vinde a mim, todos os que estais cansados ​​e sobrecarregados, e eu vos aliviarei" (Mateus 11:28).

Além disso, proteja a si e sua perspectiva, escolhendo sabiamente com quem você se abre e fala da situação. Pessoas que são capazes de compartilhar a vida com todo o coração, ou que simplesmente o procuram para discutir suas circunstâncias e fofocar?


Dê-se tempo para processar

Quando você está emocionalmente sensível, simplesmente passar o dia sem perdê-lo pode ser um desafio. Cuide-se, e se você precisa levar algum tempo longe de suas atividades normais, ou simplesmente desacelerar, faça-o. Cuidar de seu bem-estar físico e mental lhe permitirá lidar emocionalmente com as mudanças seguintes ao divórcio.


 Cultive sua resposta

Ser injustiçado ou mal tratado é doloroso, e atacar e responder com o mesmo espírito pode fazê-lo se sentir bem a curto prazo, mas no final, recusar a perdoar só irá dificultar a sua própria cura. Não podemos chegar a um lugar de cura, sem perdoar e aprender a aceitar que muitas vezes este é o melhor negócio. Nós não podemos controlar o que outra pessoa faz, mas podemos determinar a nossa resposta. Devemos estabelecer limites e tentar mostrar respeito, mas não retaliar. Isso demanda oração e tempo na presença de Deus para cultivar um coração que responde bem aos desafios.


Examine seu próprio coração

Para que uma ferida cicatrize, o tecido velho deve ser retirado senão o risco do ferimento ficar infectado é bastante elevado. O mesmo vale para a reconstrução; deve ser removido as bases do passado, a fim de que as bases novas sejam posicionadas.

A cura não vem simplesmente por realizar um conjunto de tarefas, mas permanecendo no amor e na fidelidade de Deus.

Deus deseja restaurar e fazer novas áreas de nossas vidas em que temos vivido quebrantamento e perda. João 15: 2 diz: "Ele purifica e repetidamente poda todos os ramos que continuam a dar frutos, para torná-lo suportar mais, fruto mais rico e excelente." Quando nos submetemos à Sua autoridade, estamos aceitando que há áreas do nosso passado onde nós precisamos buscar mudanças para sustentar um novo crescimento saudável.


Lute diariamente

Se render e perdoar são processos fundamentais da cura. A cura não vem simplesmente por realizar um conjunto de tarefas, mas permanecendo no amor e na fidelidade de Deus , logo você começará a ver o fruto da restauração. Como uma mulher sábia uma vez me disse "Toda decisão que você toma, faz o seu efeito no futuro." Todas as decisões a respeito de seus pensamentos, emoções e atitudes tornam-se uma semente, e não há uma decisão diária a ser feita sobre se você semear vida ou morte para as suas circunstâncias. Hebreus 4: 15-16 nos conclama a se aproximar com confiança ao trono da graça, onde encontramos tudo o que precisamos para cada situação.


Lembre-se de que seu passado não te define

E, finalmente, tenha coração. Você já passou por uma temporada de quebrantamento e divórcio, que não define você. O que resta é um capítulo em sua jornada, mas não a posição a partir da qual você faz a vida. O amor de Deus é verdadeiramente conhecido e amadurece quando trocamos o que está quebrado, e tomamos um passo para a restauração.




Fonte: Relevant Magazine


Leia Mais...

[ Facebook ]

[ Google + ]

[ Instagram ]

© Nério Júnior