O Jeito que o Mundo Ensina

quarta-feira, setembro 09, 2009 by Nério Júnior
Hoje meu amigo @Patrick_Araujo prestigia meu blog com uma reflexão:

Em mais uma noite sem sono com o controle na mão perambulando pelos canais acabei assistindo o ‘Profissão Repórter’ nessa ultima terça-feira (08/set) onde mostrava um catador seletivo, que ganhava R$6,25 por noite trabalhada. Puxando uma carroça literalmente. Logo pensei; ‘Qual a felicidade de um cara desses, ele encontra motivos pra continuar vivendo?’.
Como se eu tivesse perguntado diretamente a ele o mesmo responde a repórter;
- Entre as coisas que acho a melhor é a caneta, por que com ela escrevo minhas poesias.
Logo novamente minha mente questiona sem hesitar; “Poesia? Esse cara escreve poesia? –naquele tom sarcástico- Que sentido tem isso pra uma vida que ele leva” (...)

“Se for pra te amar de novo não quero
Por que não tenho fibra que suporte outra dor
Os meus pés não dançam a mesma canção de bolero
Aqui dentro do meu peito não se repetira o mesmo amor”


Meu pensamento foi interrompido por uma estrofe de uma poesia escrita por um catador com tanta maestria. (A rima não foi intencional).

A repórter pergunta:

- Onde você aprendeu fazer poesia
Ele responde com um sorriso que não era ausente em nenhum momento da entrevista:
- Solidão, sofrimento e paixão todo mundo tem ‘né’?

Mesmo ganhando essa mixaria que mau da pra alimentar, ter aprendido a ler com as poesias achadas no lixo o mesmo comparece todos os sábados em uma reunião de poetas para declama sua arte, tem 70 poesias registradas em seu nome.
Calou minha boca, minha mente, meus preconceitos.
-->
“DEUS ESCREVE CERTO POR LINHAS CERTAS, TORTO É QUEM NÃO SABE INTERPRETAR”
 
Assista o vídeo clicando AQUI.
 
 

2 comentários :

  1. É ... a cada dia vemos coisas que não acreditamos! Também me surpreendeu, provavelmente tive a mesma sensação que você!

    Com todas essas dificuldades ... E ele ainda escreve bem!

    Abraços!

    http://kultura-digital.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Realmente é surpreendente, uma pessoa tão simples,humilde e feliz.
    A vida é o contrario do que as vezes a gente pensa.Ta ai um exemplo de que o Dinheiro nao compra a felicidade.

    Abraço!

    ResponderExcluir