O Céu Não Pode Esperar


Deus colocou você nesta terra por uma razão, e ele tem um plano para sua vida, porém esta vida não é o fim. As escrituras são bastantes claras  em relação a essa realidade. Um dia, você deixará de respirar, mas não deixará de viver. Você viverá para sempre na eternidade.
No momento seguinte a sua morte, você experimentará a maior calebração ou a maior separação de todos os tempos. O céu e o inferno são lugares reais, e podemos decidir onde passaremos a eternidade. Deus poderia ter nos criado  como robôs, programados para amá-lo para servi-lo e segui-lo, mas não fez isso. Ele se arriscou ao máximo quando nos criou com esse poder chamado livre arbítrio. Deus o ama tanto que morreu por você, mas deixa que você escolha se vai amá-lo ou não e se deseja ficar com ele por toda eternidade.
Fomos planejados para estar em perfeito relacionamento com Deus. Fomos criados com uma saudade da realidade eterna de um lugar que está além de nossos maiores sonhos. Como diz o velho hino: "Aqui não é o meu lugar". O céu é o lar de nosso coração, onde a festa de boas-vindas acontece indefinidamente. Mas também é um lugar de "não mais" - não mais lágrimas, dor, perda ou morte. "Ele enxugará dos seus olhos toda a lágrima. Não haverá mais ou morte, nem tristeza, nem choro, nem dor pois a antiga ordem já passou" (Ap. 21.4).
As pessoas sempre pensam no céu como um lugar místico onde estaremos sentados nas nuvens. Temos um medo secreto de que ficaremos cansados desse lugar perfeito e enjoados da monotonia dos halos e das nuvens. Mas, se fosse assim, não seria o céu, certo? Não, a Bíblia diz que o céu é um lugar perfeito, cheios de aventura e entusiasmo.
A Bíblia fala sobre o céu e usa a linguagem humana para descrever o que é humanamente indescritível. Diz que haverá ruas de ouro e portões de pérolas. O lugar está repleto de valor e significado, de importância e propósito. Todos nós teremos trabalhos ali que nos proporcionarão a derradeira satisfação. Cristo está ali, de modo que experimentaremos mais compaixão e criatividade do que poderíamos sonhar. Teremos um corpo novo e perfeito. Estaremos reunidos de novo com nossa família, amigos e entes queridos que estão lá. Haverá tanta alegria, paz e esplendor ao nosso redor que nem podemos imaginar como será.
Se nosso desejo é experimentar o céu, então devemos viver cada momento aqui na terra preparados para a eternidade. Você não está preparado para viver até que esteja pronto para morrer. Mas não precisa preocupar-se com isso. Você pode determinar seu destino neste exato momento, se é que ainda não o fez. Se você não tem certeza de que tem a vida eterna neste momento , se ainda não está certo de que estará no céu um dia, pode ter essa certeza agora.


E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho.
Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida. 
1 João 5:11-12

Basicamente, chegar ao céu tem a ver com o que você conhece. Se você conhece o Filho, você entra; se não conhece, não entra.
O céu é um lugar perfeito para pessoas perfeitas, mas o problema é que não somos perfeitos; todos nós pecamos. É por isso que Cristo veio para assumir nosso lugar, para que pudéssemos unir-nos a ele no céu um dia. Isso não significa que o merecêssemos ou que pudéssemos ganhá-lo com esforço, mas que Jesus abriu o caminho para nós. A Bíblia diz que, por causa daquilo que Cristo fez, somos amigos de Deus. Neste exato momento, você pode orar e pedir que  Cristo entre em sua vida, perdoe a culpa e os pecados de seu passado e lhe dê um futuro no céu um dia. Você não precisa ter medo da eternidade. Deus o ama mais que você pode imaginar. É verdade. Você realmente não pode extrair o máximo de cada  momento até saber que a eternidade está garantida. Esse reconhecimento o liberta para desfrutar a vida e fazer a diferença na vida de outras pessoas.

Fonte: Um Mês Para Viver -Kerry Shook e Chris Shook

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.