A TV Brasileira vista pelos Estrangeiros

A repórter inglesa Daisy veio ao Brasil acompanhar como é a nossa televisão. De imediato ela fornece um resumo do que é a televisão brasileira: valorização do teatro da beleza extrema do corpo, para ela o Brasil não é um país para os fracos de coração.



Chegando em São Paulo ela começa a assistir novelas as quais ela descreve como tramas melodramáticas e atuações histriônicas concluindo que quando os personagens não estão se matando eles tendem a estar se estapeando. Daisy participa do reality Show Miss Bumbum e se surpreende com a exposição da mulher brasileira. Ela entrevista um jornalista da Folha de São Paulo que está cobrindo e evento que explica a ela como as mulheres brasileiras gostam de ser adoradas e como elas tem auto-estima, tentando desfazer a afirmação de que programas como esse tornam a mulher como que um objeto.
Continuando com o tema Mulheres Objeto Daisy fala sobre o programa Pânico na Band destacando os jogos sem propósitos e humilhantes. Daisy acha tudo muito errado e se surpreende com o horário em que o programa é exibido e sua audiência de mais de 10 milhões de espectadores. Perturbada com o que viu Daisy entrevista a ex Panicat Aryane Steinkopf, 23 anos que trabalhou por 6 meses no programa. Aryane responde perguntas sobre temas como exposição e humilhação.
Saindo do tema Mulheres Objeto Daisy vai para o nordeste do país onde vai participar do programa Na Mira exibido em Salvador - BA. Ela ressalta que o índice de homicídios no Brasil é 18 vezes maior que o do Reino Unido, ressalta também que Salvador é uma cidade com índices muito altos de homicídios onde 40 pessoas são assassinadas por semana, fatos que fizeram surgir uma forma inesperada de entretenimento.
O programa Na Mira se inicia logo após um programa infantil e é um dos muitos programas de TV brasileiros que embaçam a linha entre o crime e o entretenimento. Daisy cita o caso de Lindenberg Alves em outubro de 2008 que manteve sua ex-namorada refém sob a mira de uma arma, e, incrivelmente, uma apresentadora do horário da tarde (Sônia Abrão) decidiu negociar com ele ao vivo. "Mas a sede da mídia brasileira pela história não terminou lá. Enquanto Lindenberg era sentenciado a 98 anos de prisão, a mãe da vítima, Ana Cristina, se tornou uma celebridade. Este ano, o programa de entretenimento "Super Pop" a levou para um descanso num spa com uma transformação. E nenhuma transformação seria completa sem um grande final. Os dois filhos de Ana Cristina foram convidados ao estúdio para uma revelação emocionante." Daisy acompanha o programa Na Mira ao vivo com a apresentadora Annalisa e fica horrorizada com as imagens, só neste fim de semana, houve 25 homicídios, apenas no centro de Salvador. de repente, no meio da notícia Daisy presencia algo que ela considera extraordinário e surreal: A apresentadora começa a vender produto emagrecedor.

É tão horrível. Eu me sinto levemente entrando no sensacionalismo agora. Todo grande canal no Brasil tem sua própria versão do "Na Mira" Mas eu me pergunto se, apesar disso,às vezes, das melhores intenções, a constante artilharia de violência de verdade na TV está dessensibilizando a nação para o que é um grande problema.

Agora Daisy vai se infiltrar no meio da platéia do Domingo Leal que é composta por moradores de regiões pobres de São Paulo que são levados por um ônibus numa caravana que passa semanalmente nesses bairros. A platéia é composta exclusivamente por mulheres que seguem uma regra que diz que as garotas mais bonitas ficam na fileira da frente. Daisy é convidada a participar do programa:

Abrindo o show: Belo, um traficante de drogas recuperado que hoje é um dos maiores "galãs" do país... Mas a estrela do programa de hoje e seu ato de título está se espreitando pelas sombras. Padre Marcelo Rossi, o padre cantor. Ele é um padre católico e um herói nacional que foi o artista mais bem vendido do Brasil ano passado. Ele não olhou para a bunda delas.(se referindo as dançarinas semi nuas). Eu chequei. Eu tentei falar com o padre, mas não pareceu certo, então, ele só me abençoou, o que é bom. Bênção de Domingo. Em que mundo você pode ir na TV e ser abençoada por um padre? Dançar com esse grande padre pop star, que enche estádios do tamanho de Wembley com fiéis em adoração, parece a conquista definitiva... Fico encantada que um superficial programa de variedades de Domingo possa mudar tão facilmente de garotas dançarinas para um padre cantor com a habilidade de levar uma plateia às lágrimas.
 Daisy então entrevista Patrícia Santos,filha de Silvio Santos buscando entender os espectadores brasileiros. Patrícia responde a pergunta de Daisy sobre a audiência do programa:

Todo mundo assiste, mas em geral a classe média e as classes baixas.Nosso foco esta nas massas.Elas não são muito educadas, infelizmente, porque estamos num país de Terceiro mundo e quando você não é tão educado, você entende os prazeres, os sentidos, sabe? Eu quero que seja divertido, interessante. E se é isso o que as pessoas querem, você tem que prover. Nós vemos, no Brasil, pessoas mudando. Estamos vendo as massas mais informadas devido a internet estar disponível para muitos no Brasil. Eles têm acesso a TV a cabo agora mesmo,então, estamos vendo uma transição. Nossa audiência, eles estão amadurecendo, então, temos que amadurecer também.O que você vê não é o que verá em 2, 3 anos.

 Após o programa, Daisy é convidada para a casa de uma das garotas da platéia onde mostra o que programas como o Domingo Legal significam para os brasileiros:

Enquanto o Brasil se prepara para explodir no palco mundial, penetrar na TV da nação foi uma alegre mas ocasionalmente brutal emboscada para os meus sentidos. Sexo e morte parecem estar mais próximos aqui do que em casa. São muito mais visíveis, e talvez seja por isso que por onde eu passe neste país, há uma sensação geral de "aproveite o momento". Eu entrei e o Brasil me recebeu com braços abertos. Eu amei, mas, meu deus, este país não é para os fracos de coração.


Daisy Donovan apresenta alguns dos programas de televisão mais populares do mundo, explorando como eles refletem as sociedades que lhes assiste:  The Greatest Shows On Earth

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.