Soldados Feridos


"Um homem descia de Jerusalém para Jericó, quando caiu nas mãos de assaltantes. Estes lhe tiraram as roupas, espancaram-no e se foram, deixando-o quase morto.
Aconteceu estar descendo pela mesma estrada um sacerdote. Quando viu o homem, passou pelo outro lado.
E assim também um levita; quando chegou ao lugar e o viu, passou pelo outro lado.
Mas um samaritano, estando de viagem, chegou onde se encontrava o homem e, quando o viu, teve piedade dele.
Aproximou-se, enfaixou-lhe as feridas, derramando nelas vinho e óleo. Depois colocou-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele.
No dia seguinte, deu dois denários ao hospedeiro e disse-lhe: ‘Cuide dele. Quando voltar lhe pagarei todas as despesas que você tiver’.

Lucas 10:30-35

A parábola do Bom Samaritano é contada por Jesus para ilustrar ao ato da misericórdia. Ela conta a história de um homem judeu que sendo assaltado e espancado recebeu ajuda de quem menos esperava, um samaritano, que fazia parte de um povo rejeitado pelos judeus. Enquanto o sacerdote e o levita o ignoraram à beira do caminho, o Samaritano usou de compaixão para com ele e salvou sua vida.


E se você fosse aquele homem que estava quase morto à beira do caminho, quem tinha obrigação de te ajudar, simplesmente te ignorou e quem você menos esperava veio te ajudar, qual seria sua reação?


A reação humana natural nessa situação seria se revoltar contra aqueles que não o ajudaram, guardar rancor por aquelas pessoas, falando mal, rejeitando, alimentando a alma com todo tipo de sentimento negativo.

Sabemos que uma alma ferida não consegue ir adiante. Hoje muitos cristãos estão feridos, presos à beira do caminho. Se colocam no lugar de vítimas, porque não aceitam ser feridos, machucados, desprezados, humilhados. Não tomam posse da Palavra, lutam contra carne e sangue, e muitas vezes questionam a Deus sobre a situação que eles mesmo se submeteram.

Jesus foi humilhado, rejeitados pelos seus, sofreu dores, recebeu o beijo da traição e mesmo assim se colocou na posição de vencedor, fazendo-nos vencedor com Ele.


Se você se encontra nessa posição de ferido à beira do caminho, tome posse da Palavra, você é mais que vencedor, seu alvo é Jesus, assuma sua posição no Reino e siga diante, perdoando, amando, deixando para trás as coisas desagradáveis e fixando seus olhos na Cruz.





Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.