Porque Não votei 13 em 14

Voltando mais uma vez a falar de política para justificar meu voto. Nesse ano me tornei bem mais politizado, passando os dias em rodas de discussão, ouvindo opinião de especialistas e estudando um pouco da história do Brasil. Eu, que até então defendia o PT e acusava o PSDB, percebi as reais intenções de Lula e seu partido, compartilhei os ideais de Marina Silva e defendi o PSDB no 2º turno. Indignado com o Dilma e seu PT reuni motivos para não reelegê-la em quase todas as esferas.

 Como um cidadão comum
 Dilma fracassou na economia elevando a inflação e dificultando o poder de compra do cidadão de baixo poder aquisitivo.

Como um cidadão de caráter
 Dilma mentiu sobre os escândalos de corrupção e fez uma campanha suja e mentirosa.

Como um Cristão
  Dilma não cumpriu os acordos feitos com religiosos em 2010 sobre temas polêmicos como o aborto. O PT e seus aliados foram responsáveis pela criação de vários projetos contra a família. Militantes do partido declararam os cristãos como inimigos da nação.

Como um cidadão de caráter, cristão e bem informado, não posso ser cúmplice de tantas barbaridades. Imagine o sangue de cada bebê abortado, cada criança sendo orientada sexualmente nas escolas contra os ensinamentos recebidos em casa, ter um filho e ao lado do meu nome nos documentos não estar escrito a palavra pai. Penso também no futuro do país com um governo que empurra o país para uma ditadura comunista, que além de ser inimiga da democracia é inimiga de Deus. Me desculpem quem discorde, afinal ainda vivemos numa democracia, mas não é certo não é justo, não é cristão votar no PT.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.