Desejo de Hoje



Sabe quando você acorda com uma vontade que por mais que tente esquecer insiste em voltar à mente? Hoje foi assim. Quando criança minha casa tinha uma coleção de árvores,  cada uma com seu sabor e comportamento, suas folhas e frutos denunciavam as épocas do ano. As árvores tinham várias atrativos que preenchiam minha fértil imaginação infantil. Quando eu subia em uma árvore tinha em minha disposição sua sombra que me protegia do sol, suas frutas que me alimentavam, seus galhos que me desafiavam e me sustentavam. Podia me esconder entre suas folhas, ela sustentava uma corda que se transformava em diversos tipos de brinquedos e algumas vezes um ótimo lugar para se estar reunido com a família. Na árvore eu poderia ser um super-herói voador, podia estar em uma nave espacial ou podia estar num arranha-céu. Sim, meu desejo hoje é de subir em uma árvore, por nenhum dos motivos anteriores e sim pelo fato de que na minha inocência de criança, quando estava em cima de uma árvore eu me sentia em outra dimensão, onde só eu e minha imaginação estávamos, e lá inexplicavelmente eu me sentia em paz, talvez por achar que no alto eu estaria mais perto de Deus.
Tecnologia do Blogger.